Processando...

TECNOLOGIA NA ÁREA ARTESANAL

A) Desenvolvimento de fornos adequados para atendimento aos artesãos do Vale do Jequitinhonha, com fornos que atinjam 1.200º e sua tecnologia de implementação seja assimilada pelos próprios artesãos – parcerias Universidade Federal de São João Del Rei e Aid to Artisans

b) Desenvolvimento de sementes de algodão de forma que a pluma saia colorida – parceria Embrapa

c) Desenvolvimento do plantio de um milho de forma que a palha seja macia e de tamanho maior para facilitar o manuaseio no artesanato – parceria Embrapa

d) Desenvolvimento de um tanque para tratamento da madeira no uso do artesanato – parceria CETEC e Universidade Federal de São João Del Rei.

e) Desenvolvimento de um torno para trabalho com a pedra sabão de forma a diminuir os resíduos. – parceria CETEC e EPAMIG.

F) Incentivo ao uso de lanternas com carregamento de energia solar para os artesãos do Vale do Jequitinhonha e clientes do Banco do Povo.

g) Desenvolvimento de um setor de embalagens para atendimento ao setor artesanal – parceria Sedese / governo de Minas Gerais

h) Desenvolvimento de sacolas ecológicas com a utilização de resíduos de feiras profissionais e comerciais (banners e carpetes) cujas oficinas de produção são implementadas em comunidades de baixíssima renda.

i) desenvolvimento de programas de reutilização de resíduos nas comunidades, tais como: casca de café, fibra de bananeira, tampinhas de garrafa, arames e ruelas velhas, etc.

j) reaproveitamento da madeira de poda legal no município de Belo Horizonte, sendo o principal projeto a redistribuição da madeira oriunda da poda da reforma do Mineirão (cerca de 1.100 árvores).