Carregando...
Enviando...
INSTITUTO CENTRO DE CAPACITAÇÃO E APOIO AO EMPREENDEDOR
Data: 30 de Agosto de 2016

Voltar

Pequenos negócios são 90% do setor de E-commerce

Portal oferece ainda outros 19 cursos

De acordo com a 3ª Pesquisa Nacional de Varejo On Line, realizada pela parceria Sebrae e E-commerce Brasil, 90% das empresas que atuam somente no e-commerce – sem lojas físicas – são pequenos negócios, sendo que 45% são MEI, e a tributação é, hoje, a principal preocupação dos empresários do setor, superando a logística.

Um dos dados mais importantes detectados pela pesquisa foi a necessidade de as empresas investirem na fidelização dos clientes. O estudo apontou que 43% das empresas não têm estratégia de fidelização, o que é um número preocupante. Afinal, é muito mais barato você investir para manter o seu cliente do que buscar um novo.

Ao todo, 27% das empresas que fecharam suas portas alegaram como motivo principal a falta de planejamento e conhecimento do negócio, perdendo somente para o baixo faturamento.

Já a principal tendência atualmente é o mobile. As lojas virtuais estão cada vez mais se ajustando a essa mobilidade e as compras estão crescendo via aparelhos celulares, incluindo os smartphones e os tablets, impulsionadas especialmente pela geração Y. Os marketplaces, usados por grandes varejistas para vender produtos de outras empresas, também estão mudando o cenário do e-commerce no mundo, porque coloca o consumidor no centro da sua experiência de compra, oferecendo o acesso a uma diversidade de produtos com estoque ampliado em um mesmo lugar. A plataforma já é um canal de vendas para 24% das empresas.

Os dados mostraram, ainda, que a maioria dos negócios do setor foi aberta nos últimos três anos. Do total de e-commerce no país, 58% deles começaram suas atividades na rede a partir de 2013. Os principais produtos vendidos estão relacionados à moda, casa e decoração, informática e beleza. As empresas atuam principalmente no comércio (73%), seguidas por serviços (18%) e indústria (8%). Apenas 1% é do setor de agronegócio.

Curso a distância ajuda o empreendedor digital

O Portal Centro CAPE Online, de educação empreendedora a distância, oferece 20 cursos para a formação e aperfeiçoamento empresarial. Um deles busca, justamente, contribuir para que empreendedores tenham sucesso em estratégias de marketing digital e também no e-commerce. “Conheça Sobre Marketing Digital e E-Commerce” está disponível aqui, com um investimento acessível, de R$ 20,00, e um prazo de 30 dias para a conclusão do curso. Com linguagem simples e adaptada à plataforma, o conteúdo é de fácil compreensão e pode ser totalmente absorvido em duas horas de dedicação. O interessado que já fez um dos cursos do portal paga apenas R$ 10,00 e associações e cooperativas têm gratuidade na inscrição de até três integrantes, por instituição.