Carregando...
Enviando...
INSTITUTO CENTRO DE CAPACITAÇÃO E APOIO AO EMPREENDEDOR
Data: 14 de Dezembro de 2016

Voltar

Centro CAPE avalia 27ª Feira Nacional de Artesanato

Foto: Luiza Bongir (Acervo CAPE)

Terminou nesse domingo (11/12), a 27ª edição da Feira Nacional de Artesanato, que reuniu no Expominas, em Belo Horizonte, expositores de todo o Brasil. Sucesso de público - 160 mil pessoas visitaram a FNA durante os 6 dias de evento, a feira ofereceu, além de 1.200 estandes repletos da produção artesanal tipicamente brasileira, um cronograma intenso de oficinas gratuitas e uma animada programação cultural para dar um toque musical a esse encontro que reuniu culturas de todas as partes do país. Seguem destaques dessa edição:

ESPAÇO MEU PRIMEIRO EVENTO

O espaço Meu Primeiro Evento, idealizado pelo Instituto Centro de Capacitação e Apoio ao Empreendedor (CAPE) foi um dos mais valorizados pela imprensa e também público visitante. O projeto, que completou 8 anos durante a 27ª edição, cede espaço na feira para artesãos e associações mineiras que nunca tiveram a chance de participar de um grande evento e incentiva a geração de renda através da comercialização de peças totalmente artesanais.

DESEMPREGO ABRE PORTAS PARA PRODUÇÃO ARTESANAL

Durante a 27ª edição da FNA, foi possível conhecer histórias de artesãos que, diante do desemprego, optaram pela produção artesanal como uma alternativa de renda. Entre as centenas de estandes, a organização conheceu a Gabriela Oliveira, 26 anos, que era trocadora de ônibus e ao ficar desempregada, no início deste ano, começou a produzir chinelos personalizados – ela procurou técnicas na internet, comprou o maquinário necessário e hoje vive, exclusivamente, da produção artesanal. Já Victor Conde, 59 anos, artesão participante no espaço Meu Primeiro Evento, encontrou no artesanato uma oportunidade para promover mudanças. Desempregado há 3 anos e sem perspectiva de voltar ao mercado, decidiu se dedicar às peças de madeira e viu na Feira Nacional de Artesanato uma oportunidade para apresentar o produto e fazer contatos. 

ESTOQUES ESGOTADOS

Durante a 27 edição da Feira Nacional de Artesanato (FNA), a organização se surpreendeu com o escoamento da produção de vários estandes. Dentre eles, o Bom Doce de Saquarema, Rio de Janeiro, especializado na produção de doces artesanais e conhecido pelo saber caseiro. No penúltimo dia de evento, só era possível comprar o que estava no balcão: toda a produção trazida para a FNA foi vendida em menos de 5 dias de feira. Sucesso!

OFICINAS

Durante as oficinas que aconteceram em todos os dias de evento, filas foram formadas por visitantes que desejavam produzir o seu próprio presente de Natal. Oferecidas pelos próprios artesãos e expositores da feira, o participante, inscrito gratuitamente, pode aprender diferentes técnicas artesanais e criar, sob orientação, enfeites de Natal, marcadores de página, caderno de receitas, imã de geladeira e acessórios produzidos a partir de sementes.

ENTRETENIMENTO E SHOWS

Três espaços foram reservados para receber as atrações culturais que agradaram a todos os gostos e públicos. Dentre eles, o Maracatu Lua Nova que encantou a todos com o seu cortejo fiel às tradições e percussão original – o show é uma representação do cortejo do maracatu, formado por um estandarte que, à frente, abre caminho para as jovens dançarinas de roupas leves e coloridas. O Grupo Aruanda, reconhecido no Brasil e no exterior, foi outra atração que levou os visitantes ao êxtase: trouxe o seu rico acervo de figurinos e adereços de diversas manifestações culturais para contar um pouco do que acontece nos quatro cantos do Brasil.

Chico Lobo, mineiro de São João Del Rey, envolveu o público com um repertório musical especialmente natalino. Com músicas do cancioneiro popular, o artista lotou o Espaço Especial e levou os visitantes ao delírio com seus cantos de caminhada, adoração e despedida.

No último dia do evento, quem apreciava a área onde ficaram estacionados os Food Trucks foi presentado com o ousado projeto Moda de Rock, um jeito novo de produzir sons do sertanejo caipira ao repertório de grandes clássicos do rock.

Já o Ginasticão, prática oferecida pelo SESI Minas durante o evento, integrou animação aos exercícios funcionais para aliviar os sintomas musculoesqueléticos dos artesãos que, incansavelmente, atendiam ao público em uma jornada de quase 10 horas diárias. Com foco na preparação corporal do expositor, os monitores realizaram, em todos os dias do evento, séries de exercícios que contribuíram para o alívio do estresse e melhor desempenho do artesão em suas atividades.

ESCOLA MÓVEL E COZINHA BRASIL

A Escola Móvel e a Cozinha Brasil, dois grandes projetos do Sistema FIEMG, também surpreenderam o público que visitou a FNA durante os 6 dias de evento. Os programas, que já têm notável alcance social, preencheram, com facilidade, todas as vagas para as aulas ministradas por nutricionistas especializados em alimentação saudável e sustentável. Através dessa oportunidade, os visitantes do evento aprenderam, de forma descomplicada, a usar os alimentos em sua integralidade e ainda puderam degustar as receitas preparadas durante a aula.

ESPAÇO CRIANÇA

Outro sucesso da 27ª edição da FNA foi o Espaço Criança. O local amplo e repleto de brinquedos foi um dos mais elogiados pelos pais e responsáveis que visitaram o evento. Os monitores, especializados em recreação infantil, receberam, gratuitamente, crianças a partir dos 2 anos para que os responsáveis pudessem fazer as compras com mais facilidade e tranquilidade.

COMERCIALIZAÇÃO DE 70% DOS ESTANDES ANTES DO TÉRMINO DA 27ª EDIÇÃO

A Feira Nacional de Artesanato (FNA), o maior evento do gênero da América Latina, tradicionalmente promovido pelo Instituto Centro de Capacitação e Apoio ao Empreendedor (CAPE), comercializou, antes do término da 27ª edição, 70% dos estandes para a próxima edição em 2017 – dos 512 estandes colocados à venda, foram vendidos 315. A velocidade de vendas do evento se deve a três fatores fundamentais: a crença dos artesãos no crescimento do mercado, apesar da crise econômica em que se encontra o país, à credibilidade da FNA, que se consolidou como um espaço para a efetivação de bons negócios e contatos, inclusive internacionais e as condições que são oferecidas ao expositor, que incluem descontos, parcelamento e orientações sobre planejamento empresarial.

ARRECADAÇÃO DE BRINQUEDOS

O Rotaract Clube de Belo Horizonte, um dos parceiros da 27ª edição da Feira Nacional de Artesanato (FNA), arrecadou, durante os 6 dias de evento, mais de 300 brinquedos que foram oferecidos em troca de ingressos para a feira. Os jovens entre 18 e 30 anos, participantes do programa, foram responsáveis por receber, higienizar, embalar e catalogar os brinquedos que serão distribuídos em creches de Belo Horizonte e região metropolitana.

ORGANIZAÇÃO DO EVENTO

Segundo Tânia Machado, presidente do Instituto Centro de Capacitação e Apoio (CAPE) e principal organizadora da feira, a 27ª edição da FNA “confirma, apesar da crise, a confiança do artesão no evento. Essa foi a primeira vez em 27 anos que abrimos a feira com 100% dos estandes vendidos e uma fila de espera com mais de 40 artesãos querendo um espaço. Por isso, nosso termômetro continua sendo a comercialização das vendas dos estandes. Nessa edição, antes do término da feira, dos 512 estandes colocados à venda, foram vendidos 315, o que representa 70% da área disponibilizada.”

CONCURSO DE PRESÉPIOS

A 27ª Feira Nacional de Artesanatos realizou, pela primeira vez, um concurso de presépios durante o evento. Os candidatos passaram por uma avaliação criteriosa que incluía croqui, fotos e descrição dos materiais utilizados. Os dez escolhidos apresentaram seus presépios no Espaço Especial do evento e receberam votos do público visitante quanto a originalidade, criatividade, beleza e viabilidade de apresentação durante os 6 dias de feira.

Foram premiados os três primeiros lugares com estandes de 12 m², 9 m² e 6 m² respectivamente, na Feira Nacional de Artesanato de 2017.

Vencedores:

Estandes

Razão social/Nome

Votos

EP06

MARIA REGINA CESAR FERREIRA

477

EP10

ANDREZA MOREIRA DA SILVA

359

EP08

RONALDO EUSTÁQUIO COELHO

329

EP07

MARCIA DE LOURDES FIGUEIREDO FRANÇA

200

EP05

RAFAEL S. DA CRUZ

73

EP01

JULIA MACHADO TRINDADE

71

EP09

TELIS MACIEL VALADARES

39

EP03

FERNANDA SAMPAIO ARAÚJO

24

EP02

ISABELLA GOTT DE CARVALHO

0

EP04

ELAINE CRISTINA RIBEIRO CHAVES

0