Carregando...
Enviando...
INSTITUTO CENTRO DE CAPACITAÇÃO E APOIO AO EMPREENDEDOR
Data: 06 de Setembro de 2016

Voltar

Artesãos brasileiros participam de evento na Índia

Evento tem o objetivo de promover o intercâmbio de informações

A Associação Brasileira de Exportação de Artesanato (Abexa) acompanha, desde o último sábado, dia 3 de setembro, uma delegação de artesãos brasileiros, do segmento de bordados, em viagem à Índia, para participar do "International Craft Exchange Program for Handicrafts from Brics". O evento está sendo realizado na cidade de Srinagar, com duração de 10 dias, e tem o objetivo de reunir artesãos dos países membros do BRICS – Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul – para o intercâmbio de informações, técnicas e processos.

Participam da delegação brasileira a representante da Abexa e diretora do Instituto Centro de Capacitação e Apoio ao Empreendedor (Centro CAPE), Catharina Machado, e as bordadeiras Maria Aparecida Lana (Barra Longa/MG), Maria das Dores Ramos Silva (Campina Grande/PB), e Isis de Freitas Espeschit Braga (Ouro Preto/MG). O evento é realizado pelo Export-Import Bank of India (EXIM Bank), com apoio do governo indiano, por meio do Ministério dos Têxteis.

De acordo com a presidente da Abexa, Tânia Machado, a participação no evento é uma importante experiência para os artesãos brasileiros, que terão a oportunidade de trocar informações não só sobre técnicas e processos, mas também sobre mercado e oportunidades de negócio no mercado internacional. Ela ressalta a experiência da Índia no setor artesanal. “O setor de artesanato é um dos mais dinâmicos e tradicionais da economia indiana. Emprega cerca de 7 milhões de pessoas e foi responsável, no ano fiscal 2015/2016, por exportações da ordem de US$ 3,2 bilhões”, informa.

Sobre a Abexa

Fundada em 2010, a Abexa é uma organização não governamental, que tem por finalidade a divulgação e a promoção do artesanato brasileiro no mercado internacional. A instituição é composta por artesãos, associações e cooperativas de artesãos, empresas do segmento artesanal e de suporte à exportação do artesanato, além de entidades diversas que colaboram para a promoção do artesanato brasileiro em países estrangeiros. Hoje, conta com 500 associados.